Como proteger seu carro do sol

Compartilhe:
Longas exposições ao sol aceleram o processo de envelhecimento e diminui a vida útil das borrachas de vedação, podendo prejudicar outras funcionalidades do seu carro, como a temperatura do ar condicionado.
29
Nov

Com a chegada da temporada de férias há grandes chances de que você pegue a estrada, vá para a praia, fazenda ou qualquer outro local de lazer com a família.

Enquanto todo mundo se diverte ao sol, usa filtro solar, chapéu e se protege na sombra, como fica a proteção do seu carro? Pensando nisso, decidimos trazer aqui algumas dicas de cuidados que podem poupar alguns danos ao seu veículo.

Para se manter um carro em boas condições de uso é preciso, além de ter a manutenção
em dias, manter alguns cuidados cruciais com a exposição ao sol.

Longas exposições ao sol aceleram o processo de envelhecimento e diminui a vida útil das borrachas de vedação, podendo prejudicar outras funcionalidades do seu carro, como a temperatura do ar condicionado.

Além disso, às partes feitas de plástico podem quebrar com facilidade e os efeitos dos raios solares e do calor na parte interna do veículo podem provocar a desvalorização do automóvel em venda futura.

As peças de plástico de carros mais atuais, já vêm de fábrica com agente anti-UV que suportam os efeitos danosos do sol. Mas se seu carro não possui essa proteção é melhor tomar os seguintes cuidados.

Sombra ou capa com proteção UV

Muito óbvio, claro!

Manter o carro na sombra de árvores ou estacionamento coberto, é o ideal. Porém, nem sempre dá pra contar com a sorte de encontrar vaga em locais nessas condições.

Nesse caso, é importante que você invista em uma boa capa. Mesmo que seja um investimento um pouco maior que o das capas comuns, é importante ter uma capa com banho químico de proteção UV e forrada.

Afinal, você quer manter seu carro protegido dos raios solares e sem arranhões, não é mesmo?

O forro da capa te ajuda nisso, e colocá-la com o carro limpo também é outro cuidado nesse caso. Assim você também evita que a sujeira provoque riscos na pintura.

Tapa sol


Este também não pode faltar, afinal, bancos, painel e volante demandam maiores cuidados e para isso você também pode utilizar produtos próprios para às partes plásticas.

A flanela é grande aliada para retirar a poeira dessas partes que também podem acelerar o processo de ressecando ao reagir com a luz do sol.

Para os bancos de couro também existem produtos específicos para hidratação.

Lave e seque em seguida


Quando você lava seu carro e deixa que ele seque ao sol, pode estar contribuindo com a ação de agentes contidos na água que reagem com a luz e o calor do sol.

Por isso, lave usando produtos que ao mesmo tempo em que limpam, também hidratam a pintura; seque imediatamente após a lavagem usando flanelas de alta absorção e deixe que o restante da secagem aconteça naturalmente na sombra.

Dar uma boa demão de cera anti-UV também ajuda a finalizar o processo de lavagem com sucesso, repelindo a água da chuva e evitando que insetos ou fezes de aves grudem na pintura.

Proteção da pintura


A vitrificação é grande aliada para a conservação da pintura. Ela age como uma resina e protege a pintura do veículo contra arranhões. Normalmente essa técnica é usada após o polimento do carro.

Vidros


Outra boa proteção contra os raios UV são as películas escurecidas. Vale lembrar que é importante respeitar os limites de escurecimento permitidos por lei.

Não se esqueça dos pneus


Eles precisam de calibração correta para aguentar o batidão das altas temperaturas do asfalto em dias de muito sol. Para evitar maiores danos, é muito importante manter a calibração a cada 15 dias.

Sistema de refrigeração


Além de todos estes cuidados, não se esqueça de checar os níveis de óleo, mangueiras e o reservatório de água. Em dias muito quentes, o sistema de refrigeração também fica mais vulnerável.

E aí? Nossas dicas te ajudaram? Então compartilhe o link desse artigo com aqueles amigos que precisam saber disso.


Compartilhe: